Apresentação

António Adauta iniciou a actividade de artesão em 1990 quando – estudante em Coimbra – “redescobriu” os mosaicos de Conímbriga. Dado que já dominava a técnica do ponto de Arraiolos, lembrou-se de efectuar um novo produto: Quadros a ponto de Arraiolos.

Para tal, adaptou os desenhos de diversos mosaicos de Conímbriga para “riscos” passíveis de ser manufacturados a Ponto de Arraiolos, utilizando materiais inovadores adequados para o efeito. Durante cerca de três anos trabalhou na feitura do risco e manufactura de 16 protótipos.

Este trabalho foi considerado em 1992 – pelo Secretário de Estado da Cultura de então – de manifesto interesse cultural, sendo, por tal, mecenável.

A partir de 1993, frequentou inúmeras Feiras de Artesanato e realizou diversas Exposições, dando a conhecer – desde Vila Real a Almancil – não só uma utilização inovadora do ponto de Arraiolos, mas também os mosaicos de Conímbriga.

Em 1998, Centauro Marinho® foi galardoado com o troféu Anchor de Ouro e em 2005 ADN e depois em 2006 Centro Entrelaçado® foram distinguidos com Menção Honrosa em Concursos promovidos pelas Linhas Coats. Em 2006 Minotauro® foi considerado em ex-aequo, Prémio da Feira de Artesanato de Famalicão.

Actualmente, ainda existem em Conímbriga desenhos de mosaicos que pode manufacturar por encomenda e Peça única ou então “trabalhar” mosaicos existentes em outras estações do “Mundo Romano” quer em Portugal, quer no estrangeiro.

Visite o site de AntónioAdauta

Anúncios

Etiquetas: , , , , ,

Uma resposta to “Apresentação”

  1. lancha Janine Says:

    Seul un artisan comme Antonio Audata pouvait avoir l’idée et la capacité de créer un lien à travers les siècles entre deux activités artisanales aussi différents à première vue que celle du mosaïste actif à Conimbriga, ville luso-romaine célèbre pour ses mosaïques, et l’art de la tapisserie d’Arraiolos, qui se prête admirablement, par le choix de ses points en relief, à la copie d’une mosaïque de tesselles de pierre, marbre et verre.
    Avec deux avantages, celui d’offrir à l’heureux possesseur de l’une de ses oeuvres une vision synthétique de la mosaïque, tant géométrique que figurée, et de rendre par un choix judicieux des couleurs des brins de laine, la palette si particulière des mosaïstes de Conimbriga.
    Il parvient ainsi à offrir au spectateur un objet précieux dans sa fidélité à l’original et retrouve, par des voies inattendues, celles de la création, le cheminement du mosaïste antique créant son ‘ cahier de modèles’ avant de réaliser son oeuvre.
    L”artisan’ Antonio Adauta, selon sa définition, n’a certainement pas fini de nous surprendre.

    J. Lancha, directrice scientifique du Corpus des mosaïques du sud du Portugal

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s


%d bloggers like this: